Total de visualizações de página

segunda-feira, 5 de junho de 2017

POST-SCRIPTUM: BÍBLIA SAGRADA - GRAÇA FONTIS: FOTO/Manoel Ferreira Neto: AFORISMO SATÍRICO


Não é de meu estilo tecer considerações no tangente a um texto, poema, aforismo, em qualquer gênero, deixo aos leitores a liberdade de interpretarem, analisarem, tecerem suas opiniões ou pontos de vista, deixo aos críticos as críticas, mas o Aforismo Satírico, BÍBLIA SAGRADA, merece algumas considerações ainda que mui elementares.
Algumas vezes o escritor francês Albert Camus, da época de Sartre, Merleau-Ponti, Gide e outros, teceu considerações sobre textos de sua autoria, textos que foram escritos bem antes de suas publicações. Testemunhos que se tornaram valiosos para a crítica, compreensão e entendimento de sua obra reunida, na época, obra completa após o seu falecimento.
Assim faço um comentário breve a respeito deste Aforismo Satírico. Em primeira instância, este texto, fora escrito por volta de 2010, publicado no meu RAZÃO IN-VERSA - SUPLEMENTO-CADERNO LITERÁRIO FILOSÓFICO, 45 edições em três anos e meio de existência, comercializado em Curvelo, Minas Gerais. Após esta publicação, houve quem me pedira para não o publicar, tomasse muito cuidado com ele. Lembra-me que dissera a esta pessoa: "Não estamos mais na época da Ditadura Militar. A Liberdade de Expressão não é seguida ipsis litteris nos tempos atuais, mas ela existe, é real." Depois desta publicação, esperei até ano passado, maio/2016, quando o republiquei pela primeira vez. Fosse na Ditadura, no ano de sua publicação primeira, mesmo em Curvelo, teria sido, se não preso, perseguido. No inter-dito, pode-se ler com transparência uma crítica ferrenha à Ditadura. Houvesse a Internet, tivesse a cor-agem, teria, sem dúvida, de publicar, seria perseguido, preso, sumido nos "subterrâneos da ditadura". É um texto que serve a qualquer época. No concernente à nossa época, Ditadura da Corrupção em todos os níveis, políticos, sociais, individuais, é mais do que presente.
Em segunda instância, diante do Aforismo que hoje represento, que é um pensamento, idéia, na sua origem, pequeno, como, por exemplo, "NUNCA GEMA AS CLARAS", frases, parágrafos, cada "ode" é um aforismo, não podendo ser separado do texto, este é o Aforismo Satírico em sua ampl-itude, uma leitura ampla de nosso tempo, em todos os níveis.
BÍBLIA SAGRADA estará sempre presente em todas as gerações, no inter-dito todas as leituras servirão de crítica. É a minha Bíblia Sagrada em termos de linguagem, estilo, o que sinto e penso de nosso tempo, da humanidade seja qual for o seu tempo histórico.


(**RIO DE JANEIRO**, 05 DE JUNHO DE 2017)


Nenhum comentário:

Postar um comentário