Postagens

#DO EU-NUNCA, A POIÉTICA DA ALMA# GRAÇA FONTIS: PINTURA Manoel Ferreira Neto: POEMA

Imagem

#SON-ÁFOROS DAS VIAS E DO DESTINO# GRAÇA FONTIS: PINTURA Manoel Ferreira Neto: POEMA

Imagem
As palavras seriam as mais sensíveis, Porventura desejasse-as iluminadas, Porém, todavia quem dera pudesse fazê-lo! Quê "amáveis do mundo" - re-presente as intenções! Contudo, não sei quê - se fosforescente, se diáfana - Luz as iluminaria, Aqui, sei-o... a finesse brincadeira dos ad-versativos, que teríeis de fechar vossos olhos para as ouvir neste cântico de versos lindos, ternos, amorosos, meigos, compassivos, solidários, O criador cuida sempre de niná-las, adulá-las, Cuida sempre de perscrutar-lhes as raízes, Cuida sempre de educá-las, humanizá-las, O verbo da "humanidade-de-ser", Seja-lhes presença eterna. ---- Sim! Uma luz que viria de dentro dele, Dentro do gótico a luz, Dentro da luz o espelho gótico da imagem Raios que viriam de dentro deles, Espectros esvoaçam no interior deles, Dentro da luz as goticidades da verdade por vir,