Total de visualizações de página

segunda-feira, 19 de junho de 2017

#ATRÁS DOS COELHOS EXISTEM SEMPRE MATAGAIS, FLORESTAS, BOSQUES# - GRAÇA FONTIS: PINTURA/Manoel Ferreira Neto: AFORISMO


Caráter, personalidade são os vossos gritos, vossas bandeiras preferidos. Se é algo que des-aprendi com excelência foi na exaltação, reverência das atitudes, ações, gestos de princípios probos, lídimos, pois atrás dos coelhos existem sempre matagais, florestas, bosques, escondem serpentes venenosas que picam sem dó nem piedade desde que se sintam ameaçados da verdade, das tramóias, trambiques, jogos. Podeis crer-me que o caráter, personalidade não são o que con-sente com os valores preestabelecidos, virtudes pré-fabricadas, mas aqueles que negam, refutam, recusam ser poste de cimento armado, ovelhinhas obedientes e comportadas, e tem a incólume cor-agem de transgredir as leis, de desrespeitar os princípios, abominar o que aliena, e sempre estar disposto a soltar os cães de fogo, sem medo das discriminações preconceitos, sem medo de eles incendiarem o mundo.
Todas as vezes em que ouço serem caráter, personalidade vossos gritos, penso-vos e sinto-vos destituídos de visão das coisas, isentos de senso e inteligência, pois sabeis berrar o grito e tudo escurecer com fumaça e cinza. Sois vós os melhores fanfarroneiros, bufões que tenho conhecido e assimilais com destreza, perspicácia, aprendestes com luxúria e soberba a arte de fazer a lama borbulhar de fervura. Onde o caráter, personalidade probos, lídimos habitarem devem haver sempre lama, coisas esponjosas, salauds, demônios da escória. De onde vem, qual é a origem do que truam para cima?
Sinceramente e de cabeça erguida, podeis, aqui, podeis dizer tudo livremente, desabafar as vossas razões em subirem nas tamancas e gritarem vossas fraquezas, a personalidade e o caráter que decantam foram criações, invenções para esconder as maledicências de vossas estirpes e laias; nada aqui se envergonha de sentimentos ocultos e obstinados. Gritais sem rodeios sois a escória do mundo.


(**RIO DE JANEIRO**, 19 DE JUNHO DE 2017)


Nenhum comentário:

Postar um comentário