Total de visualizações de página

sexta-feira, 21 de julho de 2017

ESCRITORA E POETISA Sonia Gonçalves COMENTA O AFORISMO 49 /"PARTE DE MINH´ARTE" - AFORISMO DO DIA DOS AMIGOS/



Nossa! Que linda inteiração Manoel Ferreira Neto!!! Agora sim, agora ficou completo, juntou o ato e o fato com o poético do Ser ao ser amigo querido, leal , admirado e admirador, assim mutualmente nos respeitamos como criadores das artes que nos realiza na escrita. Coisa mais bonita tua inspiração, já me acostumei com seu talento, porém sempre me consegue surpreender e causar espanto de entusiástica admiração. O que mais posso fazer nesse dia a não ser lhe dar meus entusiásticos APLAUSOS!!!


Sonia Gonçalves


#AFORISMO 49/"PARTE DE MINH´ARTE" - AFORISMO DO DIA DOS AMIGOS#
MANOEL FERREIRA E SÔNIA GONÇALVES: TESTEMUNHO DE AMIZADE.
CARD-POST E IMAGEM(FOTO): Graça Fontis


Voo nas asas do poema de Sonia Gonçalves, de excelência, em cujas letras, versos, sentimentos e emoções, utopias e esperanças, sonhos, a escritora e poetisa re-vela de coração os seus verdadeiros, as verdades dela íntima e cordialmente por todos os seus amigos virtuais, pessoais, íntimos, os amigos-humanidade.
De imediato, segundo verso, "Todos fazem parte de minh´arte escrita", nele me inspiro para me dirigir aos Amigos Virtuais, Íntimos, Particulares. Por que todos fazem parte da minha arte escrita? Ninguém escreve para si próprio, escreve para o outros. Na escritura, seja em que gênero for da Literatura e das Artes, das Ciências e das Religiões, são os homens as utopias da estética, da ética, da consciência, da liberdade, sonhos e esperanças, fé, o conhecimento, os sentimentos e emoções, nas artes, o artista há-de ser o porta-voz da "humanidade do ser", em comunhão com todos os homens, com toda a humanidade. Em sendo "porta-voz" dos homens e da humanidade, na nossa arte habita os amigos virtuais, íntimos, particulares, a amizade sincera pela humanidade, em nome da busca do Ser, os amigos são a fonte de nossa Arte. Não apenas como artistas, o homem que somos e amamos a humanidade. O artista que não ama os homens e a humanidade não é homem, representa uma arte.
Nesta data dedicada aos amigos, eu, Manoel Ferreira Neto, minha esposa e companheira das Artes, Graça Fontis, queremos agradecer de espírito e alma a amizade sincera e verdadeira, o reconhecimento e renome neste ano de companheirismo nas Artes, o carinho dos comentários, das curtições, as relações sempre dignas e respeitosas, desejando-lhes sempre muitas realizações e conquistas em todos os níveis das relações de amizade. O reconhecimento dos valores do outro precede a amizade.
Inda me inspirando nos versos da amiga particular Sonia Gonçalves, " Entre as portas e as miríades de janelas abertas/
Me trazem inspiração do mundo que me faz ser poeta", havendo sin-cronia e sintonia, harmonia com a minha linguagem e estilo, portas e miríades de janelas abertas são símbolos, signos de sensibilidade e questionamentos de valores eternos de mãos dadas com as utopias, desejos, esperanças, essa vontade da "humanidade do ser" são as inspirações, são utopias do conhecimento, da sabedoria, isto é que denomino, conceituo ser escritor, quando envio aos homens o que sinto e penso de todos os questionamentos e esperanças que habitam os homens, habitam cada um dos amigos, da humanidade, assim posso repousar a cabeça no travesseiro e dormir tranquilo e consciente minha responsabilidade está sendo cumprida a critério.
A TODOS OS AMIGOS, MUITAS ALEGRIAS E REALIZAÇÕES, SÃO OS VOTOS DESTES ARTISTAS, PINTORA E COMPANHEIRA DAS ARTES, GRAÇA Graça Fontis, ESCRITOR, Manoel Ferreira Neto.


Venustas Amicitates


Assim traduzo minhas “adoráveis amizades"
Todos fazem parte de minh’arte escrita
Por toda parte dentro do universo que me habita
No epicentro do meu templo intitulado “sempre”
Todo dia é dia de amizade bonita neste lugar
De Ser amistoso com toda gente cultivar e plantar...
Já que a vida é bonita só pra quem nela acredita
Extrai carinho das entranhas sopra alento ao coração
amor pela medula espinhal pela cabeça pensante
Afinal nos faz tão diferentes e iguais, normal...
Habitantes d’uma constelações de gente no arco do céu
Amigos passarinhos em idas e voltas que passarinham...
Livres abrem áditos enfeitam de risos os caminhos...
Tantas CarinRosas perfumadas faces em simples ternura
Brandura de todos os cravos de sentinela
Entre as portas e as miríades de janelas abertas
Me trazem inspiração do mundo que me faz ser poeta
Amigos são auspícios espíritos venustos...
Desde os primórdios e dos tempos vetustos...
Presentes augustos nunca estarão obsoletos
Amigos são águas correntes em doces riachos
São Amores perfeitos são flores em cachos
Sementes que o tempo pelo vento nos traz,
e nos trouxe...


Son Dos Poemas #SôniaMGonçalves


Nenhum comentário:

Postar um comentário