Total de visualizações de página

sexta-feira, 14 de julho de 2017

#AFORISMO 37/ECCE HOMO: SOU HOMEM INTEIRO FEITO DE TODOS OS HOMENS# - GRAÇA FONTIS: PINTURA/Manoel Ferreira Neto: AFORISMO


Epígrafe:


A soma de todos os homens culmina-se na compulsividade do próprio Ser. (Graça Fontis)


Que nos rastros hão de encontrar o cristal do amor, do orgulho, da inquietude e da paixão obstinada na labuta de sonho pelo ser humano.


Que nos traços hão de garimpar o diamante da solidariedade, da compaixão, da amizade e da cáritas alumiadas de princípios, ideais.


Deixo como presente força, vitória, e exemplo de vontade de viver. Deixo como herança esperança, fé, desejo de in-versar o "eidos" do ser na essência do nada de re-versar o "núcleo" do verbo na regência do in-finito.


O orgulho, a inquietude, as paixões de meus sonhos em delírios, de minhas utopias em êxtases, de minhas esperanças em solilóquios de gozos hão de arrebatar os algozes da humanidade, como chama ardente a consumir a obstinação do sofrimento de ser feliz sem se curvar aos pés dos burgueses, a compulsividade da dor do desejo perdido nas ilusões de aléns-em-aquéns, tergi-versado nas quimeras de aquéns-em-aléns.


Sou homem inteiro feito de todos os homens, com uma parte de Deus, outra parte do diabo. Inteiro da testa ao coração. Sangue.
Emoção. Sensibilidade. Pensamento e razão. Erotismo. Paixão, loucura, sonho e infortúnio. Carne.


Pá-lavra. Pá-lavra. Pá-lavras.


(**RIO DE JANEIRO**, 14 DE JULHO DE 2017)


Nenhum comentário:

Postar um comentário