Total de visualizações de página

quarta-feira, 26 de julho de 2017

#DIA DOS ESCRITORES - 25 DE JULHO DE 2017# - MANOEL FERREIRA NETO/GRAÇA FONTIS: TEXTO GRAÇA FONTIS: FOTO


Desde 1983, quando um jovem procurou-me em minha residência, para ler o livro acabara de produzir, após uma conversa, disse-lhe eu ipsis litteris: "Vou ler o seu livro, se gostar, faço um comentário por escrito. Se não, nada tenho a dizer; não significa que não tenha valores, não soube eu reconhecê-los". Fiz o comentário: obra-prima.


Assumi radicalmente este lema. Desde então, todos que me procuram para escrever apresentação, prefácio, posfácio, digo as mesmas palavras. Trata-se de minha responsabilidade e compromisso com a Literatura, com as Letras, com a Filosofia.
Não sou nem imaginariamente diplomata, não como angu pelas beiradas. A minha verdade sustento-a custe o que custar.
Fosse tecer palavras, homenageando os escritores por esta ocasião, identificaria todos que tomam da pena para escrever como "escritores", "poetas", sabendo não ser a verdade. Palavra seja dita ipsis litteris: poucos, pouquíssimos que escrevem merecem o epíteto, o título de "Escritor", "Poeta", as obras trazem no bojo dimensões literárias, estilísticas, linguísticas... Para estes, tiro o meu chapéu, estendo-lhes a mão em reverência.


Neste dia que é dedicado aos Escritores, desejo sensível e cordialmente cumprimentar-lhes, desejando-lhes muitas conquistas e realizações. Não declino nomes, seria falta de ética, mas tenho certeza de que sabem de meus reconhecimentos, conhecem meus aplausos.


Aos verdadeiros Escritores, quem trazem em si dons, talentos, criatividade, questionamentos profundos, mensagens uni-versais, ficam aqui os nossos cumprimentos, de minha Companheira das Artes e Esposa, Graça Fontis, e meus.


(**RIO DE JANEIRO**, 25 DE JULHO DE 2017)


Nenhum comentário:

Postar um comentário