Total de visualizações de página

domingo, 5 de fevereiro de 2017

**FECHANDO AS PÁLPEBRAS - IN "DIVÃ EXISTENCIAL" - 29 DE JUNHO A 03 DE JULHO DE 1989** - PINTURA: GRAÇA FONTIS/POEMA: Manoel Ferreira


Lembra-me de como,
no silêncio
de um monólogo
interior,
a afetividade de mim
aguçava os sentidos inteiros.



O significado
é desordenado, invertido,
despido de caracterização.



Busco com a
sinceridade radical e exigente...
(psiu!)
de um olhar a quem se ama
um espairecer de ideias.



Uma gota de mais
e/ou
de menos
no corpo de minhas ausências.



(**RIO DE JANEIRO**, 04 DE FEVEREIRO DE 2017)


Nenhum comentário:

Postar um comentário