Total de visualizações de página

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

**GOTAS - IN "DIVÃ EXISTENCIAL" - 29 DE JUNHO A 03 DE JULHO DE 1989** - PINTURA: Graça Fontis/POEMA: Manoel Ferreira Neto


Um poeta
desconhece o processo da razão,
embrenhando-se pelos interstícios da alma,
transformando palavras em vivências
e,assim, elucida mistérios.



Um poeta
afasta o processo do intelecto,
penetrando pelas linhas do espírito,
indo para além,
vivendo e experimentando as delícias
do absoluto.
Um poeta
não se apoia na razão
que manda no destino do homem,
não se debruça na consciência
que transforma o indivíduo
em ser humano.



Um poeta
não conhece de manifestações psíquicas,
não sabe de revelações conscientes,
não entende de afloramentos inconscientes.



Um poeta
não liga importância ao sentido do interior,
não liga privilégios ao significado do exterior,
não habita no interior,
não reside no exterior.



O que são sentimentos
em um poeta?
O que são emoções
em um poeta?
O que são sensações
em um poeta?



Um poeta
não necessita de frases,
períodos;
não necessita de palavras.



(**RIO DE JANEIRO**, 15 DE FEVEREIRO DE 2017)


Nenhum comentário:

Postar um comentário