Total de visualizações de página

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

**DESEJAR - IN "DIVÃ EXISTENCIAL" - 29 DE JUNHO A 03 DE JULHO DE 1989** - PINTURA: Graça Fontis/POEMA: Manoel Ferreira Neto


Desejar
uma linguagem mística
que penetre no seio do espírito,
que fale o sentido da vida
e diga o futuro para viver,
que universalize o homem,
é pura infantilidade!




Desejar
uma metalinguagem
que adentre no âmago do absoluto,
que mostre a mais pura emoção,
que demonstre o mais divino amor,
que revele o todo-poderoso dos sentimentos,
é a mais nítida imbecibilidade!




A vida torna-se inútil,
a existência torna-se vaga...




(**RIO DE JANEIRO**, 21 DE FEVEREIRO DE 2017)


Nenhum comentário:

Postar um comentário