Total de visualizações de página

domingo, 26 de fevereiro de 2017

**ASAS - IN "DIVÃ EXISTENCIAL" - 29 DE JUNHO A 03 DE JULHO DE 1989** - PINTURA: Graça Fontis/POEMA: Manoel Ferreira Neto


Nuvens que conheço,
sombras que me perpassam.
horizontes e uni-versos
que me pervagam,
rios de águas cristalinas
que em mim percorrem, correm,
decorrem,
escuridões que me perscrutam:
antípodas...
Antinomias, paradoxos,
hipérboles dos sentimentos

Viajo terras distantes de mim,
peregrino por florestas e mares,
campos de flores silvestres,
caminho bem longe de mim,
do que sou, do que re-presento,
além de meus sustos,
espantos, surpresas
de meus questionamentos,
buscas,
além de meus desejos,
vontades,
além de meus sonhos,
utopias,
aquém de meus idílios e sorrelfas,
confins de minhas fantasias e imaginações.

Deixo o espelho e seu re-flexo.
Deixo as perspectivas
e suas cintilâncias
alçarem voos
nas asas dos verbos.


(**RIO DE JANEIRO**, 26 DE FEVEREIRO DE 2017)

Nenhum comentário:

Postar um comentário