Total de visualizações de página

sábado, 4 de fevereiro de 2017

**LIMITE - IN "DIVÃ EXISTENCIAL" - 29 DE JUNHO A 03 DE JULHO DE 1989** - PINTURA: Graça Fontis/POEMA: Manoel Ferreira Neto


As ternas alegrias do amor
são flácidas, frágeis.



Digo as presenças nítidas no olhar
e sou um beijo de compreensão,
entendimento.
As tênues carícias
de ternuras são lânguidas, suaves.



Revelo as ausências
límpidas na boca
e sou um mergulho
de carinho, beleza...
Transcorro-me em termos afetivos.



(**RIO DE JANEIRO**, 29 DE JUNHO A 03 DE JULHO DE 1989


Nenhum comentário:

Postar um comentário