Total de visualizações de página

domingo, 7 de maio de 2017

#ENLEVO AÉREO PERPASSANDO ADIANTE# - GRAÇA FONTIS: PINTURA/Manoel Ferreira Neto: AFORISMO


Leitor, a relação com as pessoas simples é esplendorosa, sente-se com nitidez a presença da sinceridade e honestidade com o que sentem, elas são o coração, o espírito. Por isso, os simples são os escolhidos da VIDA, neles habitam a compaixão, solidariedade, o verbo divino. Noutras instâncias, se nunca ouviu dizer, se conhece, procure ler, reler Os simples do escritor português Guerra Junqueiro.
E onde a águia, o gênio de pupila ovante,
Tem vertigens, auras, desfalece e cai,
A ceguinha débil, vagabunda, errante,
D´Olhos às escuras, Infinito adiante,
Num enlevo aéreo perpassando adiante,
Num enlevo aéreo perpassando vai!...


Branca e pequenina, ligeirinha e leve,
Corta por abismos, plagas sem faróis,
´Stepes infindáveis que ninguém descreve,
Lúgubres desertos de mudez e neve,
Bátegas de brasas, turbilões de sóis...


(...)


Vem um anjo abri-las; a ceguinha mansa
Põe-se de joelhos, em adoração...
Diz-lhe o anjo: - Toma, guarda esta lembrança:
Uma palma d´astros, a luzir Esp´rança,
Que à velhinha humilde levarás na mão!


As águas, para mim, são o sudário com que oculto e re-velo as feridas, cicatrizes, dores e sofrimentos, da máxima latina aos lácios da linguagem e estilo pósteros e póstumos, são a pedra angular da des-coberta dos mistérios.


(**RIO DE JANEIRO**, 07 DE MAIO DE 2017)


Nenhum comentário:

Postar um comentário