Total de visualizações de página

sábado, 22 de abril de 2017

#SORRELFAS DOS INSTINTOS AOS AUSPÍCIOS DA PLEN-ITUDE# - GRAÇA FONTIS: PINTURA/Manoel Ferreira Neto: AFORISMO


Ser re-verso e in-verso de idéias e sentimentos vislumbrados à luz de ilusões eleva os ideais de liberdade aos auspícios da plen-itude, os verbos de amor e felicidade aos picos do sublime e eterno, quando de estrelas e brilhos, de luas iluminadas e resplandecentes, de arco-íris esplendentes de cores e luminâncias, sente-se o espírito vagar e perambular nas belezas e esplendores da vida, emoções, sensações que habitam nas dimensões sensíveis, que a habitam, que dela são essências, que nela são sementes e raízes de outros horizontes e uni-versos à busca do verbo, à busca de torná-lo carne, à busca do ser, à busca do pleno e eterno; eleva os anseios dos verbos e sonhos, con-templados à luz dos raios de sol a incidirem em todas as coisas, a criarem e re-criarem as sendas e ilusões do ser e do sublime, fantasias do eu e do absoluto, quimeras dos desejos e vontades, sorrelfas dos instintos, quando a vida se a-presenta em todos os prismas e perspectivas a verdade que habita os interstícios, e que é o verbo da felicidade e alegria de buscar a carne de todos as utopias e sonhos de conhecimento do que está dentro, muito dentro, pré-fundas, cafundós do espírito, do que lhe transcende, e atinge o cume do divino e da divinidade, e é o “deus” de todas as coisas outrossim às sendas e ilusões, às sendas e fantasias, outrossim aos versos da “res” e do “in”, do cogito, o que não pode ser sentido nas suas profundidades, o que não pode ser vislumbrado nas suas espiritualidades, o que não pode ser con-templado na essência, outrossim aos ideais do pleno e do eterno que se a-nunciam na visão-de-mundo, na visão-de-vida-e-plen-itude.


(**RIO DE JANEIRO**, 22 DE ABRIL DE 2017)


Nenhum comentário:

Postar um comentário